Make your own free website on Tripod.com

   

Notícias - O Estado de S. Paulo

FHC cobra rapidez na extinção de classistas

Data: 15.03.1999

Por Isabel Braga e Cláudia Carneiro

Pedido a senadores é feito justamente quando ACM decide abrir guerra contra a Justiça do Trabalho

    Brasília - O presidente Fernando Henrique Cardoso cobrou do Congresso mais rapidez na votação do projeto que extingue a figura do juiz classista. A cobrança, feita no sábado e sete senadores que participaram de churrasco oferecido pelo senador José Sarney (PMDB-AP) no Sítio Pericumã, ocorre no momento em que o presidente do Congresso, Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA), abre uma guerra contra a Justiça do Trabalho. ACM propõe a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar irregularidades e discutir mudanças no Judiciário.

    O projeto que extingue os juízes classistas está em andamento no Senado e já foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça da Casa. Mas terá de passar por mais um exame porque recebeu nova proposta da senadora Emília Fernandes (PDT-RS). "Vocês podiam ver isso, tentar um entendimento para acelerar a tramitação desse projeto", disse Fernando Henrique, segundo o senador Luiz Estevão (PMDB-DF), um dos convidados do churrasco.

    O presidente do Congresso afirma disposto a estimular uma investigação profunda no Judiciário, apurando com rigor as denúncias de corrupção. ACM tem ressaltado que a CPI servirá para promover um amplo debate sobre o Judiciário, o que poderia, na sua opinião, contribuir para desemperrar a discussão sobre essa reforma. "É um proposta construtiva", explicouo senador. Tanto essa reforma como o projeto específico de extinção dos juízes classistas estão tramitando no Congresso desde a primeira metade do mandato anterior de Fernando Henrique.

(...)